O pilates é um excelente aliado no combate às dores de coluna. Isso porque esse método trabalha o alongamento total da região, possibilitando um relaxamento instantâneo. Se bem executados, seus movimentos podem ser úteis, inclusive, no tratamento de condições como artrite, hérnia de disco, osteoporose e outras.

Criado na década de 20, o pilates é um método com foco na Contrologia, ou seja, no controle consciente dos movimentos musculares de todo o corpo. Ele permite, inclusive, que sejam feitos exercícios de fortalecimento, alongamento e equilíbrio, melhorando também a respiração.

Pilates  


Como eliminar dores na coluna com pilates


A dor na coluna é um mal que atinge grande parte das pessoas. Cervical, torácica ou lombar, ela é causada por vícios posturais, fraqueza muscular e algumas doenças e precisa de tratamento para ser aliviada.

Quase todas as condições exigem a prática de exercícios físicos e terapias. Elas garantem a melhora desse incômodo e, no caso do pilates, identificar as necessidades e situação física do paciente é essencial.

A seguir, listamos as dores de coluna mais comuns e como tratá-las com o auxílio do pilates:

Dor cervical: tensão muscular no pescoço

Estimativas indicam que 70% da população terá uma dor cervical ao longo da vida. Essa tensão na musculatura do pescoço pode gerar, inclusive, dores nos ombros, nos braços e até na mandíbula.

Geralmente causada por má postura, enfraquecimento muscular, hérnia cervical e excesso de carga nos ombros, a dor cervical pode ser tratada e combatida com o pilates.

Dor torácica: desconforto que gera queimaduras nas costas

A coluna torácica é composta por 12 vértebras que estabilizam o tronco. Quando há dor nessa região, geralmente as escápulas são atingidas, gerando queimaduras nas costas, fadiga e cansaço.

Causada por má postura, discos vertebrais fracos ou hérnia, essa dor pode ser combatida com exercícios específicos de pilates.

Dor lombar: queimação na zona central das costas

A região da coluna lombar é alvo de muitos incômodos. Suas causas principais são má postura, falta de fortalecimento nos músculos, forma errada de pegar um peso do chão, muito tempo na mesma posição, excesso de peso e doenças vertebrais.

Esse problema gera queimação na zona central ou lateral da lombar, podendo irradiar para os glúteos. Em casos mais graves, a dor pode irradiar para a coxa ou posterior de coxa, descendo pela perna.


Como o pilates pode ser aplicado ao tratamento de dor na coluna


Dores de coluna pedem uma reeducação postural e exercícios específicos para aliviar esses incômodos.

O pilates utiliza exercícios de conscientização corporal por meio de atividades físicas. Para combater as dores nas costas ele trabalha sobre três pilares:

Contrologia - controle de todos músculos do corpo. Utilização do power house (músculos abdominais) para aliviar as dores na coluna e trabalhar o condicionamento físico.

Respiração– a respiração abdominal é utilizada para despertar as células do corpo, eliminando os detritos relacionados à fadiga. O aluno inspira na preparação do exercício e expira na realização do movimento.

Concentração– a capacidade de concentrar a mente e o corpo ajuda a realizar o exercício da maneira melhor possível.


Importância da postura no pilates


A postura incorreta é uma das maiores causadoras de dor na coluna. Por isso, é fundamental levar a boa postura aprendida no pilates para a vida.

Aprender a se sentar corretamente, levantar da cadeira, vestir-se e cortar alimentos da forma adequada melhora – e muito – os incômodos na coluna.

Adotar uma postura correta no trabalho, dividir o peso de bolsas e mochilas e praticar exercícios físicos que estimulem a mobilidade corporal são ações que colaboram com o fortalecimento da coluna.

Estima-se que o paciente que sofre com dores nas costas tenha uma melhora de seus condições a partir da sexta sessão de pilates.

O pilates é um ótimo método para aliviar as dores na coluna, que atingem mais de 80% da população mundial, segundos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Invista em seus exercícios e conte com o auxílio de um profissional habilitado para te auxiliar a combater esse problema.



< Voltar