O tarô é uma ferramenta de autoconhecimento utilizada por muitas pessoas. Capaz de demonstrar o que se passa no inconsciente, essa prática, se bem utilizada, pode ajudar a solucionar problemas e se preparar para o futuro.

Com 78 arcanos (cartas com significados ocultos), divididos entre 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores, as cartas demonstram as tendências e a melhor atitude a se tomar em determinados momentos.

Taro

Quer saber como essa prática funciona e pode te auxiliar? Nós te contamos!

Como surgiu o tarô e como ele funciona



A origem do tarô ainda é incerta. Há muitas divergências em torno desse tema, porém, sabe-se que o jogo existe há mais de séculos.

Muitas pessoas, desde os tempos antigos, utilizam o tarô como auxílio para tomarem decisões e esclarecerem questões. E isso vale para aspectos financeiros, amorosos, profissionais e afetivos.

Assim como outros oráculos conhecidos, o tarô funciona com base no princípio da aleatoriedade. Isso significa que as respostas são reveladas por cartas aleatórias em um baralho.

Quem joga o tarô precisa de um ambiente calmo para fazê-lo. É fundamental, ainda, fechar os olhos, relaxar e se concentrar nas questões que deseja esclarecer.

Então, o profissional de tarô começa a tirar as cartas e interpretar seus significados, emitidos pelo inconsciente da pessoa.

É possível confiar no tarô e no que as cartas dizem?



O tarô funciona com base no acaso. Isso significa que as cartas propícias são sorteadas, como se essas mensagens estivessem destinadas a você.

Como isso acontece? Por meio de nosso inconsciente, que emite mensagens e sentimentos por meio das cartas. Alguns acreditam ser obra do acaso; outros, enxergam o tarô como uma ferramenta de autoconhecimento.

Em geral, a ideia do oráculo é indicar o que ocorreu, o que ocorre e o que tende a acontecer. Para os religiosos, atentar às mensagens do tarô é tão importante quanto ouvir um sermão, ler um livro ou participar de uma discussão produtiva.


Uma consulta de tarô, em geral, dura cerca de uma hora, porém é possível tirar as cartas apenas para clarear um aspecto específico da sua vida.

Assim, é possível ter um entendimento melhor sobre várias questões, preparando-se para imprevistos e evitando sofrimentos desnecessários.

< Voltar