Dores articulares podem comprometer a qualidade de vida de muitas pessoas e trazer incômodos ao dia a dia. Causadas pelas mais variadas condições, elas precisam ser tratadas de acordo com a origem do problema e, por isso, é essencial contar com o auxílio de um profissional nesse momento.

Algumas terapias, quando prescritas por especialistas, ajudam no combate às dores articulares. Exemplos são as atividades na água e rotinas de yoga, que aumentam a flexibilidade e fortalecem as articulações, evitando seu desgaste precoce.

Origem das dores articulares



As dores nas articulações podem afetar a diferentes partes do corpo. Mãos, pés, joelhos ou quadris são os locais mais afetados.



Sintomas que podem surgir com essas dores são sensação de rigidez e sensibilidade ao tato. Além disso, pode haver redução da capacidade de movimento e da flexibilidade.

As origens mais comuns das dores articulares são mudanças com a idade. Entretanto, traumatismos, sobrepeso ou excesso de atividade física também pode gerar seus sintomas.

Artrite, cristais de ácido úrico, tendinite, bursite, torções e distensões musculares são outras possíveis causas dessas dores, que podem ser tratadas com terapias alternativas.

Terapias que ajudam a combater as dores articulares

Exercícios físicos são a melhor forma de reduzir as dores nas articulações. Eles aumentam a mobilidade e minimizam os efeitos de seus sintomas.

Há, no entanto, terapias que estimulam a circulação sanguínea, previnem inflamações e fortalecem as áreas afetadas, cuidando também das cartilagens.

Depois de consultar um especialista e identificar a origem da dor articular, é possível investir nas seguintes terapias:

Atividades aquáticas contra dores articulares

Os exercícios na água reduzem as dores nas articulações. Natação ou hidroginástica são grandes aliados nessa tarefa por serem de baixo impacto físico e terem um raio de movimento mais controlado.

A resistência oferecida pela água contribui para formar músculos, melhorando a circulação do sangue e diminuindo a rigidez de pernas, glúteos e parte superior do corpo.

Tai chi para aliviar dores nas articulações

O tai chi chuan é uma das formas mais eficientes de se exercitar o corpo com finalidades terapêuticas. Ele permite que a postura seja alterada por meio de movimentos lentos e controlados, que, portanto, não sobrecarregam ou tencionam as articulações.

Sua prática aumenta a absorção do líquido sinovial na cartilagem articular, reduzindo as chances de desgaste precoce. Há, ainda, elevação da flexibilidade e equilíbrio.

Yoga – aliada na correção da postura

A yoga é muito recomendada como exercício para reduzir a dor nas articulações, especialmente quando está relacionada a problemas como artrite.

Por reunir posturas que diminuem a rigidez e os problemas circulatórios, essa prática ajuda no combate ao sobrepeso e à perda de tônus muscular.

Uma grande vantagem da yoga é sua adaptabilidade à resistência física de cada um. Por isso, ela gera resultados para qualquer tipo de pessoa.

Caminhada para a saúde articular

A caminhada é a forma mais simples e econômica de evitar problemas articulares. Ela renova a circulação, aprimora a mobilidade e estimula o uso do líquido sinovial.

< Voltar