A medicina chinesa, uma das terapias alternativas que integra a medicina oriental, tem ganhado cada vez mais adeptos. É apontada como poderoso recurso aos tratamentos convencionais.

Também denominada MTC, a Medicina Tradicional Chinesa proporciona alívio do estresse, auxílio no tratamento da depressão e combate a dores. Isso porque um de seus objetivos é “enxergar” o organismo em sua totalidade, compreendendo o ciclo de vida do indivíduo.

Existente há mais de 5 mil anos, a MTC crê na harmonia e equilíbrio do homem com a natureza. Conheça seus benefícios!

Como atua a Medicina Tradicional Chinesa



A medicina chinesa possui a concepção de que temos uma energia vital, denominada qi ou chi. Ela circula por todo o corpo por meio de nossos meridianos e, quando ela é interrompida, há uma doença.

medicina chinesa

A MTC prega que as principais causas desses problemas são estresse, sedentarismo, má alimentação, sentimentos como medo, angústia e tristeza, bem como variações climáticas.

Atuando de forma preventiva, a medicina chinesa tem início com um trabalho individual de análise do paciente. Nesse momento, é realizada uma investigação dos problemas, com observação, palpação e entrevista com o paciente.

Assim, o especialista em medicina chinesa consegue entender o estilo de vida, os hábitos do paciente e os riscos de enfermidades.

Principais tratamentos da medicina tradicional chinesa



Existem diversas abordagens contempladas pela medicina tradicional chinesa. As principais são:

Acupuntura – essa técnica remove os bloqueios dos 12 meridianos por onde circulam os fluxos da energia vital (qi), que trazem harmonia ao organismo. Utilizando agulhas, essa técnica aborda pontos específicos do corpo.

A acupuntura é indicada para doenças crônicas, ortopédicas, reumatológicas, ginecológicas e até oncológicas. Assim, ela alivia sintomas como dor, depressão, ansiedade, fadiga e náusea.

Moxabustão – Combinada à própria acupuntura, essa terapia consiste na queima de uma moxa sobre a pele, em um dos pontos estimulados pela acupuntura. Assim, são “aquecidos” os canais e reativada a circulação da energia vital.

A matéria-prima da moxa é a planta Artemísia Vulgaris, também conhecida como flor-de-diana. Suas folhas são utilizadas na fabricação de diversos medicamentos, para usos interno e externo.

Sua indicação é para curar edemas, desintoxicar o organismo e prevenir a gripe e a apolexia (AVC).

Massagem terapêutica – essa terapia, que utiliza as mãos para pressionar locais específicos do corpo, é conhecida como fonte de bem-estar e relaxamento. Sua indicação é para tratar e curar problemas físicos e mentais.

Essa abordagem controla estresse e ansiedade, recupera o organismo no pós-operatório, combate dores crônicas, reduz a pressão arterial e combate a insônia.

Fitoterapia – outra técnica da medicina chinesa, ela trata e previne doenças por meio da utilização de plantas e minerais na composição de “medicamentos” naturais. São utilizados chás, ampolas, cápsulas, óleos essenciais, entre outros.

Essas composições são feitas a partir da extração de princípios ativos dos vegetais. Por isso, é indicada para complementar o tratamento de centenas de doenças.


Interessou-se pela prática? Vale a pena consultar um especialista e ver como a MTC pode te ajudar a tratar e prevenir várias condições.



< Voltar