A Homeopatia é uma alternativa à medicina tradicional muito utilizada pelas pessoas. Isso porque o homeopata trata as mesmas doenças que um clínico geral, porém seu foco é encontrar a raiz do problema e combatê-la.

Tratar doenças com a homeopatia e evitar o surgimento de crises é a estratégia de muitos especialistas.



Essa abordagem é, inclusive, muito recomendada em casos de alergias (eczema, asma ou rinite), bem como infecções repetidas e até estados de depressão.

Por que investir na homeopatia



A medicina tradicional trata as doenças depois de elas surgirem e aplica medidas que visam a eliminar os sintomas. A homeopatia, por outro lado, trata suas causas e evita a ingestão de antibióticos, por exemplo, que podem ser prejudiciais ao organismo se tomados com frequência.

Médicos homeopatas distinguem as doenças agudas – de curta duração, que passam rapidamente – de problemas mais sérios (doenças crônicas, de longa duração). Feito isso, a homeopatia indica um único remédio para cobrir todos os problemas da pessoa, tanto os físicos quanto os psicológicos.

Se o remédio indicado for o correto haverá estímulo à energia do paciente, com melhora do humor e sensação de bem-estar para equilibrar os sistemas corporais do paciente.

Por ser muito específica, a homeopatia requer consultas mensais por algum tempo – podendo levar até anos para controlar totalmente uma doença.

Como são aplicadas as técnicas homeopáticas

A dose correta do remédio homeopático gera efeito rápido, especialmente no caso de doenças que surgem rapidamente, como as infecções. Entretanto, um bom homeopata deve ser capaz de avaliar os sintomas antes de tudo. Depois, ele avaliará o que deve ser combinado para tratar o problema.

Detalhes como a localização e o tipo da inflamação, bem como os sintomas que produz, são indicativos do medicamento homeopático certo. A lógica dessa ciência é utilizar as mesmas substâncias que causam os sintomas das doenças para tratá-las. Para isso, essas substâncias são bem diluídas em água.

A homeopatia engloba mais de 2 mil tipos de remédios, que podem ser extraídos de fonte vegetal, mineral ou animal. Na maioria das vezes, os remédios são vendidos em forma de pequenas bolinhas brancas, que se dissolvem sob a língua. Há, ainda, variações em gotas, que podem tratar doenças ginecológicas, respiratórias, dermatológicas e de trato gastrointestinal, além de alergias e casos de infecções virais e bacterianas.

Como é uma consulta com um homeopata

O médico homeopata precisa fazer uma avaliação clínica completa. Nela, ele avalia algumas partes do paciente, tais como língua, unhas e pele, que revelam problemas desconhecidos e até aspectos emocionais da pessoa. Na sequência, o especialista faz um questionário sobre histórico familiar, personalidade, sintomas e outras informações. Com base nisso é que ele cria o perfil homeopático do paciente.

Quer agendar uma consulta com um Homeopata? Baixe o app do Batú.

Para iOS: https://apple.co/2S6CzZ2

Para Android: https://bit.ly/2T9j7In



< Voltar